domingo, 30 de dezembro de 2012

to: i

  Trás-me um certa melancolia olhar estas rapariguinhas que hoje têm 13, 14 ou 15 anos e ouvi-las dizer que encontraram o amor da vida delas, para uma ou duas semanas depois andarem a soluçar pelos cantos porque o dito amor da vida delas as deixou, as enganou e por aí alem. Este texto é para vocês.
  Minhas lindas, o amor não é algo que se encontra em cada esquina, não podem confundir uma paixão ou uma simples atracção com o amor, é até uma ofensa que o façam, não não importa, é uma fase de aprendizagem. Não se podem deixar enganar por qualquer um que seja carinhoso, que vos chame princesa e diga "quero-te para sempre", essas coisas são meros pormenores ao lado do que é realmente demonstrar que se ama, "palavras, leva-as o vento" , é preciso atitudes, é preciso atenção, é preciso empenho, é preciso AMOR, e isso não é algo que se encontra em qualquer um.
  Acredita que ainda vais cair muitas vezes, vais cometer erros, vais-te deixar enganar, vais sofrer, vais chorar, mas também vais aprender, crescer e tornar-te mais forte, e quando realmente o AMOR chegar vais valorizá-lo mais, vais senti-lo mais, vais chegar ao auge da felicidade. E não penses que és a única que passa por isso, todas passamos, todos batemos lá no fundo, todos nos perdemos..
  Eu tive a grande sorte de ter uma pessoa muito especial, que quando eu estava lá bem no "fundo do poço" me disse "minha linda, podes ter o coração a doer de tanto sofrimento agora, para daqui a uns tempos estar a doer de felicidade", eu agarrei-me a isto, voltei a ter esperança e a lutar por mim, e cá estou eu hoje, imensamente feliz.
  Digo-vos então o mesmo, não desesperem, é uma fase e se vocês lutarem pela vossa felicidade vão conseguir sair dessa tristeza e sofrimento que parece que nunca vai terminar. Acredita em ti, tem esperança, "nem todos os dias são de chuva".

Sem comentários:

Enviar um comentário